fbpx
ser mae e fazer home office

Como ser mãe e fazer home office: confira relatos e dicas

Já contamos sobre os obstáculos de trabalhar remoto. Não é assim tão fácil quanto parece, mas quando seguimos algumas dicas, sabemos que é gratificante. Mas já parou para pensar como ser mãe e fazer home office? Os obstáculos atingem outro nível. Por isso hoje no Vida de Home Office vamos falar sobre como é lidar com trabalho e filhos de forma mais prática: a partir de casa! 🏠

Mulher e mãe

De acordo com dados do IBGE , 40,8 milhões das mulheres trabalham formalmente no Brasil –  representam 43,8% dos trabalhadores. E sabemos que muitas são, serão ou virão a ser mães. Mas de uma coisa sabemos: mulheres e mães têm cada vez mais espaço no mercado de trabalho. E vieram para ficar!

A mãe x O mercado de trabalho

Porém a caminhada pode ser bastante complicada. Uma pesquisa de 2018 divulgada pela Catho aponta que cerca de 30% das mulheres deixam o mercado de trabalho para cuidar dos filhos. É triste quando essa decisão não é de escolha da mulher. Sabemos que as empresas não contratam mulheres grávidas e preferem contratar homens (ou mulheres) que não tenham filhos.

O motivo (vergonhoso) é pelo fato da mulher ser a responsável pela agenda do filho, o que faz com que ela comprometa sua própria agenda e se atrasar ou até faltar ao trabalho. Raramente as atividades e os compromissos com os filhos são divididos igualmente entre o pai e a mãe.
Confira abaixo algumas das dificuldades que as mães já passaram:

Outros fatores ajudam na decisão da mulher de deixar o trabalho para se dedicação a ocupação de mãe e um deles é pelo fato de que os salários da mulher ainda é mais baixo que o do homem, no mesmo cargo e com as mesmas qualificações. Falamos sobre o assunto no artigo diferenças salariais entre gêneros.

Pergunta indecente

Nos processos seletivos é comum o recrutador perguntar às mulheres se ela é mãe ou quer ser.

Cerca de 70% das entrevistadas já passaram pelo menos uma vez por essa situação.

Também é muito comum mães serem demitidas após retornar da licença maternidade: mesmo que a lei trabalhista proíba tal situação. Mas ser mãe é incrível e poder trabalhar, também. Conciliar é a opção!

Opção de trabalho remoto ou flexível é opção para mães

O modelo de trabalho flexível ou home office está à beira da unanimidade.Segundo uma pesquisa do Ibope Conecta, em 2018, 53% dos brasileiros ainda não fazem home office, mas 43% já fazem home office pelo menos uma vez por semana.

Alinhados aos dados da pesquisa, muitas profissionais foram se readequando a esse novo momento no decorrer de suas trajetórias, especialmente em função da maternidade.

Inscreva-se em nossa Newsletter! 🚀

Que tal receber todas as novidades do Vida de Home Office?

* Campo obrigatório

Foi exatamente o que aconteceu comigo. Mãe de gêmeas, de 29 anos,  “virei a chave” para seguir cumprindo metas e projetos profissionais, passando a fazer home office.

Otimizar o tempo, organizar os horários e atender as demandas profissionais no prazo prontamente foram alguns dos benefícios que tive ao fazer home office. Sempre preservando os horários dedicados ao seu papel de mãe com as filhas, em casa.

Quer saber como ser mãe e fazer home office? Vem comigo!

Como ser mãe e fazer home office

Ao abordar o assunto como ser mãe e fazer home office, sempre fiz balanço das principais ações profissionais e pessoais. Minha sensação é de deveres cumpridos!

Nos anos 2000, no auge da carreira, houve momentos intensos, especialmente no tocante a prazos de entrega das publicações. Entreguei até seis títulos por mês. Editei revistas especializadas nas áreas de arquitetura, design, artes e negócios com prazos de entrega bem apertados. Minha rotina era pautar, cobrir, escrever textos e editar cada uma daquelas revistas.

Entenda mais sobre o assunto: leia nosso artigo que conta tudo sobre Home Office!

Trabalho remoto: caso do acaso

O modelo de trabalho home office surgiu meio que por acaso. Não tinha planejado trabalhar dessa forma. Sempre fui adepta do trabalho presencial por crer que o contato diário com a equipe de trabalho é essencial.

No entanto, a transformação digital  me fez mudar completamente de postura. Hoje, sou adepta do fazer home office e essa foi a forma de garantir trabalho, além de agilizar as entregas, evitar contratempos ocasionados por intempéries climáticas ou pelo tráfego caótico até a chegada ao local de trabalho, por exemplo.

Filhos não são problemas

Em nenhum momento minhas filhas significaram qualquer problema ao fazer home office. Ao contrário, em algumas ocasiões foram até parceiras, ajudando em algumas tarefas domiciliares para que ela pudesse cumprir suas tarefas profissionais.

Vantagens e desvantagens de fazer home office

Para detalhar ainda melhor o fazer home office, aqui vai alguns prós e contras:

Vantagens

• Garantia de pontualidade (início e término do expediente);
• Redução de custos (combustível, alimentação e transportes);
• Ambiente tranquilo e sem interrupções, facilitando o foco e a criação;
• Aumento da produtividade.

Desvantagens

• Falta de contato direto com a equipe profissional;
• Ausência de diálogos a respeito de metas e objetivos;
• Pode comprometer o profissional mais desorganizado entre tarefas pessoais e profissionais.

Dicas para as mães que fazem home office

Caso você esteja passando pelo mesmo momento que  eu já passei aqui ficam algumas dicas preciosas:

Escolha um espaço adequado

  • Deve ser funcional, podendo abrigar uma estante ou vários nichos para apoiar livros, revistas, objetos, materiais, etc; preservar a circulação para distribuição da mesa (ou desk), cadeira, luminária de piso (se necessário), entre outros itens;
  • Imagine que o home office será um espaço onde você ficará no mínimo seis horas por dia, escrevendo, contatando parceiros, fornecedores e outros profissionais de acordo com as demandas profissionais. Por isso, é fundamental que o silêncio também seja preservado nesse espaço;
  • Tome nota e seja atenta a tudo que se refere às instalações elétricas e hidráulicas. Prefira a iluminação direta com a luz focada. Spots, luminárias de mesa, abajures de piso ou pendentes são perfeitos nesse caso;
    Evite a instalação de aparelho de TV de modo a ficar absolutamente concentrada no trabalho;
  • Se possível, tenha banheiro e cozinha com fácil acesso e próximo ao office;
  • Pense na decoração do espaço com absoluto carinho, imprimindo o seu estilo ao espaço. Por exemplo: se você é mais moderna, opte por móveis com cores mais intensas e mescle objetos que se identifiquem com o seu estilo de vida. Se você for mais clássica, faça prevalecer móveis em estilo provençal que costumam ser apresentados em cores claras e tons pastéis;
  • Para pintar ou revestir as paredes, valem as mesmas dicas do decor. Sempre tenha em mente que em home offices é preciso conforto, circulação, iluminação adequada e mobiliário ergonômico;
  • Uma boa dica é contar com a consultoria de arquitetos, designers ou decoradores. Cada um deles tem total praticidade em lidar com o que você procura. Esses profissionais são muito habilidosos em entender os anseios de seus clientes;
  • Para as mães mais esotéricas, vale também uma consulta sobre Feng Shui, conceito milenar que indica o melhor posicionamento de móveis, objetos, além da escolha de cores e estilos.

Vale lembrar que é sempre oportuno e ideal que o fazer home office esteja completamente adequando aos recursos financeiros. Em outras palavras, você deve sempre planejar os custos operacionais de modo que tenha garantida a sua rentabilidade financeira de acordo com a sua remuneração ou ganhos. Hoje, aliás, este a educação financeira é um dos temas mais relevantes no mundo dos negócios.

Leia mais sobre em nosso artigo cantinho para trabalhar ao fazer home office.

Case de sucesso é inspirador e pode ser adequado ao home office

Há novidades que podem inspirar o fazer home office.

O Flexible Work, projeto da Votorantim Cimentos, propõe o trabalho remoto para que o seu colaborador possa desempenhar as tarefas em outros locais que tenham estrutura, ergonomia e segurança de dados.

Quem adotou esse modelo de trabalho flexível passou a trabalhar de segunda-feira e quarta-feira; de terça-feira e quinta-feira, ou seja, intercalando dois dias da semana e não excedendo dois dias da semana nesse modelo de trabalho.

O Flexible Work foi implantado no começo de 2017 e proporcionou flexibilidade; melhora da qualidade de vida; produtividade; redução de custos com infraestrutura e espaço; satisfação dos colaboradores e retenção e atração de talentos.

Gostou deste conteúdo?

Agora é seguir as dicas e tornar o fazer home office ainda mais incrível.

Vale também acompanhar as outras matérias como os motivos para fazer home office.

Fique ligada com o fazer home office e feliz Dia das Mães!

📌 Pin me

Rosa Buccino é jornalista profissional com experiência em produção, edição e gestão de conteúdos diversificados (redes sociais, blogs, sites, reportagens, revisão de textos, redação de roteiros para vídeos e mídias impressas), assessoria de imprensa e comunicação corporativa.
Post criado 1

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo